Terra Makers
Bem-vindo à Terra Makers.
Para ter acesso total ao nosso fórum, cadastre-se ou faça seu login.



Suporte à criação de jogos em RPG Maker
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Participe do concurso "Dê um nome para o mascote do fórum!" e ganhe prêmios!
Participe do evento "Chame seus amigos para participarem do fórum"! e ganhe MakerCoins!

Compartilhe | 
 

 Uma pequena história de suspense

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
lobozerogames
Forasteiro
Forasteiro
avatar

<b>Mensagens</b> Mensagens : 12
<b>MakerCoins</b> MakerCoins : 14
<b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 17/04/2010
<b>Idade</b> Idade : 23
<b>Mensagem Pessoal</b> Mensagem Pessoal : I really like RPGs
<b>Localização</b> Localização : Brasil,Rs,Porto alegre

MensagemAssunto: Uma pequena história de suspense   Qui Jul 08, 2010 11:51 pm

Roteiro iniciado em:
Quinta-feira, 8 de julho de 2010

Capitulo 1:

O cenário se encontra totalmente escuro, se vê só o personagem. Ele está sentado e fala alguma coisa:

-Será que ele vai voltar, será que ele vai voltar, será que ele vai voltar...

Depois dessas palavras sem muito sentido, vêem uma cena...

A cena mostra o personagem do começo com mais uma crianças brincando em um pátio. Depois em seguida começa a chover. Eles entram em uma varanda de uma casa sem saber de quem era aquela casa. Em seguida a porta se abre... Saí uma velha de lá de dentro. Duas das crianças saem correndo, ficando três olhando para a velha. A velha fica um bom tempo olhando para as crianças. Ela tinha um jeito de dar medo. Um vestido cinza com bolinhas vermelhas e também se sentia no ar um cheiro horrível, eles não sabiam se vinha da velha ou da casa. A velha continuava a olhar as crianças. Todos quietos, até que a senhora quebra o silencio...

-Querem entrar? Está muito frio aqui dentro. Eu acabei de fazer um bolo de chocolate. Falava com uma cara de felicidade a velha. As crianças se olhavam, pareciam surpresos pela oferta, não sabiam direito que fazer.

-Eu aceito. Fala um dos garotos. Pela a aparência parecia um dos mais`esfomeados´´ dos que se encontram ali. Era gordo e naquele dia parecia mais gordo ainda, pois estava com mais roupas que de costume, aquele dia parecia ser um dos mais frios.

-Não! Sussurra a menina que se encontrava ali. Nós nem conhecemos esse senhora, não podemos ir entrando.

-Mas tem bolo. Fala novamente o gordo.

-Vamos entrando meus filhos. Dessa vez foi a velha quem falou. O café vai esfriar.

E os três entraram seguindo a velha, sem muitas opções, só que com os três um deles se destacava ser o mais quieto. Parecia ser o mais novo. Era magro e alto para a idade dele.

E os três entraram seguindo a velha...

A casa fedia, era velha e suja. O grupo tentava ao máximo não sentir aquele odor horrível.

-Podem sentar, eu vou preparar o café. Fala a velha se dirigindo á outro cômodo da casa.

O mais quieto da turma se lembrava de seu pai falando e aquela cena vinha em sua mente...

[Lembre sempre do que vou lê falar filho: Nunca fale com estranhos. Eles podem ser perigosos... ]

-Adam... Adam. A menina tira o menino dos seus pensamentos o chamando. Você está bem? Logo voltaremos para a casa.

O menino faz sinal que sim com a cabeça e não fala nada. A menina perguntou isso porque sabia que ele era o mais novo dali e sentia medo de tudo. E sabia que como era a mais velha, tinha a obrigação de cuidar dele. E se perguntava por que eles haviam se mudado para aquela cidade estranha. Por que os seus pais tinham que ter brigado, se não fosse isso, eles estariam com uma família unida naquela cidade que eles tanto gostavam.

PLAFFT!

Ouvi-se um barulho, vinha da cozinha... Nenhum dos três esboçava nenhuma reação. Eles se olhavam.

- Eu vou lá ver o que aconteceu, pode ter acontecido alguma coisa com a senhora. Fala o gordo se alevantando da cadeira.

-Não George! Fique aqui com o Adam, eu vou ver o que aconteceu. Diz a menina com um ar de autoridade.

George se senta com uma cara de bravo, como ele sempre fazia quando alguém dava ordens para ele.

A menina se levanta e vai devagar à direção ao outro cômodo da casa. Em vez ela se esticava para ver se conseguia ver alguma coisa. E ela passa pela porta...

E se passa alguns segundos, não se ouve nada, somente a chuva caindo...

Adam ficava quieto como sempre. Lembrava-se de quando morava com seu pai. Lembrava-se dos dias quentes de domingo quando faziam churrasco nos fundos da casa. Todos eram felizes. Mas só que agora sem saber por que, ninguém mais seria como antes. Ele nem ao menos sabia por que tinham se mudado para aquela cidade. Ele não gostava dali. Ele não gostava de frio. E sentia saudades de seu pai. Fazia muito tempo que ele não o via.

-Psi... Psi. Agora que tirou Adam de seus pensamentos foi George, que ia se alevantado da cadeira.

Adam se alevanta e vai à direção ao seu irmão.

-Vamos ver a Green, ela não deu sinal.

George vai à direção à porta e logo atrás Adam.

Chegando perto da porta eles sentiam que o fedor ficava mais forte. Não sabiam o que ou de que era aquele cheiro. Só sabiam que era horrível.

Os dois chegam à porta, viram que ali se encontrava a cozinha. A cozinha era mais suja ainda. O chão se encontrava totalmente sujo com restos de comida e lixo. As paredes estavam rachadas e totalmente imundas.

Os dois entraram de completo na cozinha. Não encontram a sua irmã. Mas viram que naquele cômodo se encontrava uma porta entreaberta. Adam vendo aquele lugar se lembra de quando ficou trancado no porão da casa da sua tia. Não sabia como, mas estava trancado lá. Seu pai, que depois de cinco minutos, entrou e pegou ele. Adam estava acocado chorando.

Adam toma uma cutucada de George. George vai à direção à porta. Adam o segue... Enquanto caminhava em direção a porta Adam olha para a pia e vê uma coisa muito estranha. Uma coisa banhada de sangue. E o sangue transbordava a os poucos da pia. Chegando mais perto ele notou que era um porco. Com varias facadas sofridas perto da barriga.

Finalmente depois de ir a pequenos e silenciosos passos eles chegam a porta entreaberta. George esticou a mão para abri lá. Encostou-se à porta e sentiu uma coisa gosmenta na porta. E então recuou a mão. Examinou a mesma e viu que era uma coisa amarela e gosmenta. Então de novo foi abrir a porta. A porta se abria lentamente. E pelo o que Adam podia ver. Era um porão. Uma das coisas que ele mais temia que fosse.

Os dois ficam parados de frente para a porta. Olhando para baixo. Lá embaixo se encontrava muito escuro. George tentava ver alguma coisa lá embaixo mais não conseguia ver nada. Sabia que teria que descer lá embaixo. Mas estava com medo pelo Adam. E se lembrava do dia que Adam se encontrava trancado no porão. Depois daquele dia ele ficou MUDO. Ninguém soube o que Adam encontrou ou viu naquele porão. E agora não sabia o que fazer...

Avaliem Pessoal,vai ter comtinuação!@
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mandy. S.
Princesa
Princesa
avatar

<b>Mensagens</b> Mensagens : 18
<b>MakerCoins</b> MakerCoins : 19
<b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 20/07/2010
<b>Idade</b> Idade : 24
<b>Localização</b> Localização : RJ

MensagemAssunto: Re: Uma pequena história de suspense   Qua Jul 21, 2010 8:33 am

Nossa, tem uns errinhos de português, mas fora isso, adorei sua história, e de fato me deixou um tanto quanto curiosa, aguardo anciosamente a continuação *-*
Boa sorte =D
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
lobozerogames
Forasteiro
Forasteiro
avatar

<b>Mensagens</b> Mensagens : 12
<b>MakerCoins</b> MakerCoins : 14
<b>Data de inscrição</b> Data de inscrição : 17/04/2010
<b>Idade</b> Idade : 23
<b>Mensagem Pessoal</b> Mensagem Pessoal : I really like RPGs
<b>Localização</b> Localização : Brasil,Rs,Porto alegre

MensagemAssunto: Re: Uma pequena história de suspense   Sab Jul 31, 2010 1:23 pm

Sim,agradeço por comentar. E ja estou trabalhando na segunda.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Uma pequena história de suspense   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Uma pequena história de suspense

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 

 Tópicos similares

-
» Top 5 Histórias em Quadrinhos
» História de guerra, conspiração militar e muitos segredos
» Histórico de cagadas da Square-Enix
» Monolight: Próximo jogo da Monolight Soft vai focar-se mais na história
» [VELBERAN] a história de ART OF FIGHTING
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Terra Makers :: ~ CENTRAL DE AVALIAÇÕES :: Histórias e Roteiros-